Espaço de comunicação de ideias e de práticas. Incentivo ao diálogo, à reflexão crítica sobre temas inter e transdisciplinares. Divulgação de artigos, acontecimentos, atividades de formação organizadas pelo CFAE e escolas associadas.
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013
Eu... e as formações realizadas...

Ação de formação - Matemática: Quando o passo (entre o Jardim de Infância e o 1.º Ciclo) é maior do que a perna…

 

Modalidade: Oficina de Formação

Local: Lagares da Beira, de 18 de abril a 18 junho de 2013

Formadora: Florbela Soutinho

A Matemática ocupou e ocupa infindavelmente um lugar de destaque na sociedade. Cientes da sua importância cada vez mais acentuada, e da necessidade de preparar os alunos para uma realidade de pensamento matemático, os professores assumem como um grande desafio de mudança a implementação do Novo Programa de Matemática do Ensino Básico.

A educação pré-escolar não é alheia a estas mudanças.

Dotar as crianças que frequentam a educação pré-escolar de capacidades e conhecimentos consonantes com o Novo Programa de Matemática do Ensino Básico é prepará-las para o sucesso.

Vários estudos comprovam que as crianças de 5/6 anos têm capacidades para desenvolver conhecimentos que até aqui estavam reservadas ao ciclo seguinte, requisitos que serão a porta para o sucesso no 1.º ciclo.

Foi objetivo da ação:

- Proporcionar aos educadores o conhecimento dos temas matemáticos e das capacidades transversais abordados no Programa de Matemática do Ensino Básico, para que desta forma possam promover e desenvolver nas crianças uma melhor articulação de conhecimentos e conteúdos matemáticos do Jardim de Infância e do 1.º ciclo.

Aspetos mais valorizados pelas formandas:

- Funcionamento em modo de oficina

- A articulação de conteúdos, capacidades e conhecimentos matemáticos entre o que é desenvolvido no Jardim de Infância e no 1.º CEB;

- Reflexão sobre a prática no Jardim de Infância e as dificuldades/potencialidades das crianças no 1.º ano do 1.º CEB a nível da matemática;

- Construção partilhada de estratégias e de materiais para operacionalizar os conceitos matemáticos abordados;

- Espírito de investigação.

Temas tratados:

- Do jardim-de-infância ao novo programa de matemática do ensino básico: capacidades transversais

- Números e operações: do jardim-de-infância para o 1.º ciclo

- Álgebra: o pensamento algébrico também no jardim-de-infância

- Geometria e medida: quando os meninos falham no 1.º ciclo…

- Organização e tratamento de dados: do jardim-de-infância para o 1.º ciclo

As formandas empenharam-se de forma excelente e o resultado nas sessões presenciais excedeu as espectativas, resultando em momentos de enriquecimento pessoal e de partilha de excelentes práticas.

Exemplos da produção de trabalhos em contexto:

1. Números e operações

Resolver problemas com o grupo

Dividir, adicionar, multiplicar e subtrair


Dividir

Dividir 12 flores do jardim por 3 jarras.

Com quantas flores fica cada jarra?

 

 

Adição de números naturais

Adicionar 6 flores às 4 flores já existentes na jarra. Com quantas flores ficou a jarra?

 

 

Subtrair

Após retirar 2 flores da jarra que continha 4, com quantas flores ficou a jarra?

 

Multiplicar

Se cada flor da jarra (que contem 4), tiver 2 folhas, quantas folhas há naquela jarra?

  

2. Pensamento algébrico

Pata, patas, 1 Patinho/ Pata, patas, 2 Patinhos/ Pata, patas, … e agora?

 

 

3. Geometria e medida

O Rei quer ir até à árvore azul. Que caminho poderá percorrer? Traça esse percurso. Vamos medir.

 

4. Organização e tratamento de dados gráficos circulares: registo de dados de dez dias/duas semanas dos lanches trazidos de casa pelas crianças.

 

O que dizem as formandas…

“O grau de satisfação, da minha participação nesta formação foi muito elevado, tanto pela escolha dos conteúdos, como pela sua abordagem. (…) Gostava que nesta formação tivessem estado presentes professores do 1º ciclo, para que dessem conta que as crianças levam uma diversidade de saberes matemáticos, descobertos de forma lúdica(…).”

“Fiquei mais sensível para o tratamento de muitas das nossas práticas e mais desperta para a necessidade de as “chamar” pelos nomes corretos.

Ao frequentar e concluir esta formação, verifico que enriqueci e adquiri mais competências para a minha prática educativa, ficando mais apta a articular com o 1º ciclo, promovendo a mudança do paradigma matemático, como forma de melhor desenvolver nas crianças este domínio.”

“(…) destaco a apresentação por parte da formadora das principais dificuldades que os alunos expõem ao ingressar no 1.º Ciclo, a partilha de tarefas e a imprevisível capacidade que crianças com 1 e 2 anos de idade têm para lidar com conhecimentos matemáticos.

Torna-se relevante tomar conhecimento das principais dificuldades dos alunos, no sentido de alertar os educadores de infância para os conhecimentos, capacidades que se devem continuar a promover e a ter em consideração nas ações a implementar.”

“A partilha dos resultados da implementação das tarefas na Creche/Jardim de Infância foi um momento de aprendizagem conjunta onde se puderam analisar as diferentes práticas concretizadas de modo a melhorarmos a própria prática.

(…)caso não tivesse frequentado a formação posso referir que não teria promovido certos conhecimentos matemáticos devido ao contexto da implementação.”

 

 



publicado por cfaeci às 10:29
link da publicação | comentar | favorito

CFAE Coimbra Interior
pesquisar assuntos
 
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Tema

eu...e as formações realizadas

eventos

projetos

todas as tags

publicações recentes

...

Artigos e Comunicações

Artigos e Comunicações

Eu... e as formações real...

Eventos

Eventos

Eventos

Eu... e as formações real...

Eventos

Eu... e as formações real...

Eu... e as formações real...

Eventos

arquivos

Maio 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Maio 2015

Fevereiro 2015

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

links
blogs SAPO
subscrever feeds