Espaço de comunicação de ideias e de práticas. Incentivo ao diálogo, à reflexão crítica sobre temas inter e transdisciplinares. Divulgação de artigos, acontecimentos, atividades de formação organizadas pelo CFAE e escolas associadas.
Terça-feira, 19 de Novembro de 2013
Eu... e as formações realizadas...

I Ciclo de conferências – As Línguas cruzam fronteiras - Três reflexões críticas

 

«No âmbito desta ação: “As línguas cruzam fronteiras”, e após ter frequentado todas as sessões previstas neste ciclo de conferências, foi-nos solicitado elaborar uma reflexão crítica individual sobre um dos conteúdos abordados. Vi-me confrontada com uma grande variedade de temáticas que, de uma forma ou de outra, seriam de grande valia para a disciplina e os níveis de ensino que tenho lecionado nos últimos anos.

Devo confessar que, antes mesmo de iniciar este curso de formação, analisei o programa e já tinha selecionado “A leitura do texto publicitário: estratégias linguísticas e pictóricas” como base para o meu relatório. No entanto, o primeiro conteúdo abordado neste ciclo de conferências – Pode ensinar-se a argumentar oralmente?– foi aquele que me seduziu e me fez repensar algumas das estratégias que tenho usado na sala de aula para levar os alunos a discutir, oralmente, certas temáticas.

Vou tentar, ao longo deste documento, responder à pergunta: “Pode ensinar-se a argumentar oralmente?”.»  

(Maria do Céu Lourenço – AE de Arganil)

Ver mais…

 


«No âmbito do ciclo de conferências “As Línguas Cruzam Fronteiras”, e para cumprir o desígnio de refletir criticamente sobre uma das temáticas abordadas, optei pela comunicação “A leitura do Texto Publicitário – estratégias linguísticas e pictóricas”, dinamizada pela Professora Doutora Rosa Lídia Coimbra. Duas razões estiveram subjacentes a esta escolha: por um lado, o meu gosto muito especial pela linguagem publicitária e pelo marketing em geral; em segundo lugar, o facto de nos últimos anos ter vindo a utilizar o texto publicitário como recurso didático em contexto de sala de aula.»

(Ana Cristina Filipe C. Costa – AE de Oliveira do Hospital)

Ver mais…

 


 

«Hoje em dia, o atual Programa de Português para o Ensino Básico preconiza que «(…) ensinar a língua oral não significa tão-só trabalhar a capacidade de falar em geral, mas antes desenvolver o domínio dos géneros que apoiam a aprendizagem escolar do português e de outras áreas disciplinares e também os géneros públicos no sentido mais amplo do termo (exposição, entrevista, debate, teatro, palestra, etc.).» (ME, 2009: 147), pelo que o seu ensino se torna obrigatório. No seguimento desta problemática do oral decorre a presente reflexão crítica, suscitada pela comunicação «Pode ensinar-se a argumentar oralmente?», proferida pela oradora Carla Marques.»

(Rui Marques de Abreu - AE de Arganil)

Ver mais…



publicado por cfaeci às 15:57
link da publicação | comentar | favorito

CFAE Coimbra Interior
pesquisar assuntos
 
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


Tema

eu...e as formações realizadas

eventos

projetos

todas as tags

publicações recentes

...

Artigos e Comunicações

Artigos e Comunicações

Eu... e as formações real...

Eventos

Eventos

Eventos

Eu... e as formações real...

Eventos

Eu... e as formações real...

Eu... e as formações real...

Eventos

arquivos

Maio 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Maio 2015

Fevereiro 2015

Junho 2014

Maio 2014

Março 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

links
blogs SAPO
subscrever feeds